Clássico Gre-Nal 413 terá peso decisivo na última rodada do Gauchão

A vitória do Juventude em cima do São José, no complemento da 11ª rodada da fase de classificação do Gauchão, na noite de quinta, esquentou ainda mais o Gre-Nal deste domingo, às 17h, no Beira-Rio. Sem vaga garantida nas quartas de final, o Grêmio precisa pontuar para não depender de resultados paralelos. O Inter, por consequência, tem a chance de eliminar o rival antes da fase mata-mata, além de correr para confirmar o primeiro lugar na tabela.

O Juventude chegou a 12 pontos. Com isso, impediu a classificação antecipada do Tricolor, que acumula 13 pontos. Agora, o time de Renato Portaluppi entra na última rodada (que é a 6ª rodada que foi adiada) em estado de alerta. Se empatar, tem de torcer para o Avenida não ganhar do Novo Hamburgo ou para o Juventude não bater o Veranópolis. Se perder, só lhe resta torcer para o Juventude, no máximo, empatar.

O Campeonato Gaúcho é disputado por 12 clubes e os oito primeiros avançam às quartas de final. Matematicamente, nenhuma posição na tabela está garantida antes da última rodada da primeira fase. O Inter é o líder por critérios, mas está empatado com o Brasil, de Pelotas, em número de pontos: 18. Os dois podem ser superados por Caxias, terceiro colocado com 17 pontos, e até Veranópolis, quarto com 16 pontos.

Já o Grêmio, além da luta direta com o Juventude, também fica de olho em Avenida, São Luiz-RS e São José. O detalhe é que São José e São Luiz se enfrentam no domingo e, com empate, ambos podem avançar.

Antes da vitória do Juventude, o Gre-Nal 413 no final de semana tinha peso pela chance de definir diretamente os confrontos nas quartas de final. E com boa probabilidade de novo duelo entre os rivais. Agora, essa possibilidade segue existindo, mas com menos força (Folhapress).

MISTÉRIO NOS DOIS LADOS
No Inter, o clima é de mistério total. Após o empate com o Cruzeiro-RS, na quarta-feira, o técnico Odair Hellmann fechou todos os treinamentos, na quinta e na sexta e a previsão é que, na manhã deste sábado, isso se repita. A tendência é que o centroavante Leandro Damião e o atacante William Pottker, em tratamento, não joguem. Embora haja mínimas chances deles estarem em campo, tratando-se de clássico, nada é confirmado. Roger e Nico López devem ser os substitutos. No gol, recém-recuperado de lesão, Danilo Fernandes fica no banco, tanto por estar voltando agora, quanto pela boa fase de Marcelo Lomba.

No Grêmio, apesar dos portões do CT Luiz Carvalho não terem sido fechados na sexta, as dúvidas para o time que sai jogando também permanecem. Luan, com um edema na coxa, é uma grande incógnita. O volante Arthur, apesar de ter voltado aos gramados na última rodada, contra o São Paulo-RG, ficará, ao menos, no banco, à disposição de Renato. Apesar de não confirmados, Cícero e Jael devem ser titulares.

GAUCHÃO – 6ª RODADA
DOMINGO – 17h

INTER
Marcelo Lomba; Dudu, Klaus, Cuesta e Iago; Edenílson, Rodrigo Dourado, Nico López, D’Alessandro e Patrick; Roger
Técnico: Odair Hellmann

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Madson, Gerome, Kannemann e Cortez; Jailson, Maicon, Ramiro, Cícero e Everton; Jael (Luan)
Técnico: Renato Portaluppi

Arbitragem: Jean Pierre Lima, auxiliado por Rafael Alves e Lúcio Flor.
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre

FONTE: Diário de Santa Maria/Informações Folhapress
FOTO: Reprodução(Créditos na foto)

CURTA A PÁGINA DO PORTAL MAIS NOVIDADES NO FACEBOOK CLICANDO AQUI